sábado, 22 de janeiro de 2011


Só o que quero é esquecer de tudo, preciso de um vendedor de sonhos, preciso que alguém venda um sonho bom para mim, um sonho de amor, uma aventura paralela, que me mostre o que é o amor, que me ensine a amar.

[ Por: Thalita Ramos ]  

Nenhum comentário:

Postar um comentário