sábado, 22 de janeiro de 2011


Tenho uma grande abstinência por tudo que não me faz bem,
não me faz necessariamente mal,
pois me distrai dessa minha rotina infeliz,
porque fico instantâneamente feliz.
Mais depois de um tempo,
caio em decadência,
me frustro, me estresso, desanimo.
Isso é um remédio temporário,
que está acabando comigo,
que já não posso mas ficar sem,
bom, pelo menos não consigo.
Preciso de algo que me faça bem sempre,
ou pelo menos que me faça somente bem.
Preciso de amor,
preciso senti-lo dentro de mim.
preciso de alguém que me queira,
preciso de alguém que me faça bem,
preciso de alguém para amar.

[ Por: Thalita Ramos ]

Nenhum comentário:

Postar um comentário