domingo, 20 de janeiro de 2013

ADEUS VIDA PIEGAS



Talvez seja minha falta de sentimentalismo ou minha necessidade de amores pervertidos sem aquele sentimento enfadonho que me entedia. Sinceramente, de romântico só me atrai mesmo minha linda PARIS “MON AMOUR”. Gosto do que faz mal, porém, que me deixa feliz. Gosto de me alcoolizar ao ponto de querer a todos. De fumar meu cigarro e esquecer o quão ruim foi meu dia. De comer horrores e esquecer os Kg que ganhei. Gosto de homens (mas de verdade, cansei de moleques e bichas). Gosto de carinho, mas não toda hora, gosto de ter meu espaço. Gosto de telefonemas e de ouvir palavras bonitas, mas, por favor, sem exagero (Exagerado, só Cazuza). Gosto de sair com meus amigos, mas sem ter que pedir permissão (não me lembro de estar me relacionando com meus pais u.u). Gosto de ler, pra viajar em um mundo alucinante. Gosto de filme dramático. Gosto de passar o dia todo comendo muitas besteiras. Gosto muito de hot dog e pastel. Gosto de ouvir musica alto. Gosto de tattoo e piercing. Faço o que quero. Uma ideia talvez egocêntrica, porém, sou consideravelmente um pouco altruísta.
Enfim, estou cansada de amores chatos. Quero alguém pra cuidar de mim, ser parceiro, pra ajudar nos estudos (de preferencia em matemática e física), sair pra relaxar, comer porcarias e pra fazer sexo, claro rs.

Um comentário: